itaipu_samek.jpgParque Tecnológico Itaipu inaugura novos espaços
 
Foram abertos a Biblioteca Paulo Freire, o espaço Milton Santos e uma planta de produção de hidrogênio. O diretor-geral brasileiro de Itaipu, Jorge Samek, e o diretor superintendente da Fundação Parque Tecnológico Itaipu (FPTI), Juan Carlos Sotuyo, comandaram uma inauguração tripla nesta quinta-feira (18), no próprio PTI, em Foz do Iguaçu (PR).

 

Leia mais...

camargo_qumica.jpgCamargo Química amplia linha para concreteiras
 
Entre os principais produtos da indústria da construção civil que melhoram o desempenho de argamassas, concretos e artefatos de cimento estão os aditivos polifuncionais. Com o objetivo de aliar qualidade e preço, a Camargo Química incrementou as tecnologias e as ferramentas de desenvolvimento dos polifuncionais e está com novos produtos da linha Admix.

Leia mais...

goodyear_viagem.jpgGoodyear dá dicas de cuidados antes de viajar para as festas de final de ano
 
Antes de viajar para curtir os feriados de Natal e Réveillon é ainda mais importante fazer uma revisão completa dos veículos, que deve incluir a calibragem dos pneus, o alinhamento e balanceamento, além de checar o estepe.

Leia mais...

tuper_premio_interacao.jpgTuper recebe da Mercedes-Benz troféu Excelência em Custos
 
A Tuper foi agraciada pela Mercedes-Benz, um de seus maiores clientes do segmento automotivo, com o 23º Prêmio Interação na categoria “Excelência em Custos”. Este reconhecimento anual da montadora é destinado a fornecedores que apresentaram soluções inovadoras e competitivas ao longo do ano.

Leia mais...

ge_eolica_rs.jpgGE desenvolve cadeia produtiva local e entrega primeira Nacelle produzida localmente

O equipamento será entregue à Eletrosul para equipar o Parque Eólico Hermenegildo (181 MW), no Chuí – RS. A GE se torna o primeiro fabricante de equipamentos eólicos no Brasil a nacionalizar os componentes que integram a Nacelle do Aerogerador, equipamento essencial para a operação das pás da turbina.

Leia mais...

colinas-sp127.jpgFestas de final de ano devem levar 1,8 milhão de veículos para rodovias

Durante as festas de final de ano, as rodovias paulistas recebem um intenso fluxo de usuários, que aproveitam estes dias para visitar a família ou descansar com os amigos. Por isso, entre os dias 19 de dezembro e 4 de janeiro, a Colinas estima que cerca de 1,8 milhão de veículos utilizarão suas rodovias durante o feriado.

Leia mais...

p_66_estaleir_rio.jpgCasco da plataforma P-66 chega a Angra dos Reis
 
Primeiro navio-plataforma construído no Brasil já está no Estaleiro Brasfels para instalação dos módulos. O casco da plataforma P-66 chegou (16/12) ao Estaleiro Brasfels, em Angra dos Reis (RJ). Há uma semana (8/12), a P-66 deixou o Estaleiro Rio Grande 1 (ERG 1), em Rio Grande (RS), e navegou a distância de quase dois mil quilômetros para chegar ao estaleiro fluminense.

Leia mais...

Construção

Transporte

Energia

Indústria/Tecnologia

Saneamento

Máquinas

Publicidade

Banner

Cotações


Bovespa 48.977,04
Dólar com.
R$ 2,6440
Euro R$ 3,2439
Ouro R$ 102,00
Data 19/12/2014

Newsletter

Vídeos

videos_3

revista


capinha_622.jpgESPECIAL:
VLT DA BAIXADA SANTISTA

Ajuste final para o novo modal

O futuro da mobilidade urbana já chegou para a Baixada Santista. As cidades de Santos e São Vicente, vizinhas praianas do litoral paulista, estão sendo “religadas” pelos trilhos de uma das mais modernas obras de transporte público do Brasil de hoje: o VLT – Veículo Leve sobre Trilhos, construído pela Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU). A população dos nove municípios da Região Metropolitana da Baixada Santista (RBMS) vai usufruir dos benefícios do VLT, já que haverá menos ônibus em circulação, menos poluição, além da redução do tempo gasto nas viagens entre os municípios. O VLT da Baixada é o primeiro do Estado de São Paulo e promoverá a reestruturação dos sistemas de ônibus na região.

itorial Eng 614.jpgPALAVRA DO PRESIDENTE

Planejamento e integração dos sistemas de transporte de massa em São Paulo

O A urbanização desordenada nas grandes cidades originou entre outros grandes problemas, um trânsito caótico. O problema da mobilidade urbana nas regiões metropolitanas se intensificou com a política de incentivo à aquisição do automóvel, com a ocupação total de ruas e avenidas, ampliando o congestionamento gerado pelo transporte individual. Muitas discussões sobre o tema já foram realizadas, muitas soluções milagrosas foram propostas, algumas implantadas, mas ainda sem sucesso. Todas elas sucumbiram ante o excesso de veículos e a pequena ou quase nenhuma expansão do sistema viário. Essas experiências são muito importantes para nos mostrar a necessidade de planejar de forma contínua o uso e ocupação do solo e a integração dos modais de transportes.

Leia mais...

linha_622.jpgLINHA DE FRENTE

"Em 1996 ingressei no ramo das concessões rodoviárias e dele não me afastei mais”

O engenheiro Alberto Lodi, superintendente da Ecovias, empresa integrante do Grupo EcoRodovias, era um jovem engenheiro da Construtora Andrade Gutierrez quando começou o programa de concessões de rodovias federais, em 1995, primeiro governo do presidente Fernando Henrique Cardoso. Foi concedida então, em março de 1996, a Rodovia Presidente Dutra que liga São Paulo ao Rio de Janeiro. A Andrade Gutierrez fazia parte do consórcio que ganhou a licitação na época e Lodi foi transferido de função, passando a integrar a equipe que iria cuidar da transformação da Via Dutra, antes considerada um “queijo suíço”, em um cartão de visitas dos benefícios do sistema de concessões de estradas à iniciativa privada.

entre.jpgENTREVISTA

“Em defesa de uma engenharia que traga bem-estar às pessoas”

André Steagall Gertsenchtein - Diretor-superintendente da Fundação para o Desenvolvimento Tecnológico da Engenharia (FDTE)

Depois de ter atuado intensamente em várias áreas da engenharia, André Steagall Gertsenchtein, 48 anos, engenheiro civil politécnico, diretor-superintendente da Fundação para o Desenvolvimento Tecnológico da Engenharia (FDTE), dedica-se hoje quase que em tempo integral à fundação. A FDTE foi instituída por docentes e pesquisadores da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP) no início dos anos 1970 com o objetivo principal de desenvolver a engenharia com apoio da pesquisa e do conhecimento da Poli.

Artigos

Divisões Técnicas

Palavra do Leitor

Engenho&Arte

Memórias

Crônica

Opinião

Site Login