schindlerAtlas Schindler traz soluções para reduzir propagação de microrganismos em elevadores e escadas rolantes

Renovador de ar para cabinas, proteção de botoeiras e luz ultravioleta para desinfecção de corrimãos são algumas das novidades.

Para trazer mais segurança e tranquilidade aos usuários, a Atlas Schindler desenvolveu novas soluções. Para elevadores, as novidades são o renovador de ar de alta vazão e a proteção de botoeiras e, para escadas e esteiras rolantes, o Dispositivo Ultra UV para desinfecção de corrimãos.

Leia mais...

Embraer covidEmbraer reforça ações de prevenção e retoma atividades essenciais

Maior parte dos colaboradores estará em férias coletivas entre 01 e 09 de abril ou trabalhando de forma remota

Diante da função essencial que o setor de transporte vem exercendo no mundo para o combate à Covid-19, a Embraer decidiu retomar operações críticas ao atendimento das necessidades dos clientes, dos serviços públicos e da população.

Leia mais...

CASE2020Expectativa de exportação para a América Latina fortalece time de distribuidores CASE

Concessionários de 20 países chegam ao Brasil para encontro organizado pela marca com foco em negócios.

Confiante na melhora do cenário macroeconômico e na recuperação do setor de máquinas de construção, a CASE Construction Equipment, marca da CNH Industrial, recebe de 17 a 19 de fevereiro, em Belo Horizonte, MG, 28 concessionários de 20 países da América Latina, para um encontro voltado aos negócios da marca.

Leia mais...

Komatsu PC210-10MKomatsu lança modelo de escavadeira hidráulica da classe de 20 toneladas

O modelo PC210-10M0, em versões Standard e Carro Longo, chega para reforçar as já reconhecidas características Komatsu de confiabilidade e durabilidade

A Komatsu – indústria japonesa e segundo maior fabricante do mundo de equipamentos para construção, estabelecida no Brasil desde 1975 

Leia mais...

CASE premio CASE recebe o prêmio Good Design 2019 com a pá carregadeira conceito movida a metano

ProjetoTETRA recebeu a premiação do Chicago Athenaeum: Museum of Architecture and Design e do The European Centre for Architecture Art Design and Urban Studies.

A CASE Construction Equipment, marca da CNH industrial, recebeu no último mês, o prêmio no Good Design® Award 2019 com o seu mais recente conceito de pá carregadeira movida a metano, o ProjetoTETRA. 

Leia mais...

Volvo elétricaCarregadeira compacta elétrica Volvo é testada com sucesso em operação florestal na Europa

Uma empresa alemã de cultivo florestal, jardinagem e paisagismo está testando com sucesso a primeira carregadeira de rodas compacta elétrica da Volvo. Sediada a apenas 30 minutos da fábrica da Volvo Construction Equipment em Konz, na Alemanha, onde a máquina será produzida a partir do próximo ano, a Leick Baumschulen é o primeiro cliente do mundo a testar a nova máquina verde da marca.

Leia mais...

thyssenkrupp Velino Series

Velino series, uma nova solução em escadas rolantes da thyssenkrupp para empreendimentos comerciais

 

• Série com três modelos faz parte do novo conceito global do portfólio de produtos da empresa

• Lançamento possui mais de 50 funcionalidades específicas em prol da segurança e são certificadas por normas europeias

Há mais de 120 anos, o modo de se deslocar em prédios comerciais, estações e demais empreendimentos urbanos mudou com o surgimento das escadas rolantes.

Leia mais...

Construção

Transporte

Energia

Indústria/Tecnologia

Saneamento

Máquinas

Publicidade

Banner

Cotações

Newsletter

Vídeos

alt




|

capinha_220.jpgBRASIL ENGENHARIA CAPA - ESPECIAL METRÔ

Os 45 anos de operação do Metrô de São Paulo

A rede metroviária em atividade operacional na cidade é composta por seis linhas, com 101,4 quilômetros de extensão e 89 estações, por onde circulam diariamente mais de 5 milhões de usuários, algo sem paralelo no planeta. Além disso, a malha metroviária mantém uma robusta integração com a CPTM e com os demais modais de transporte da região metropolitana. A porção estatal do Metrô, no entanto, responde atualmente pela operação de três linhas: 1-Azul, 2-Verde, 3-Vermelha e do monotrilho da Linha 15-Prata, utilizadas diariamente por 4 milhões de passageiros. A Linha 4-Amarela é operada pela concessionária Via Quatro e a Linha 5-Lilás opera em regime de concessão pela Via Mobilidade. Do ponto de vista da tecnologia, o Metrô sempre esteve voltado para a inovação. Tanto é assim, que a Cia., ainda nos primórdios já se entregava com afinco à criação de novos produtos e fornecedores.

linha_frente_001.jpgBRASIL ENGENHARIA | LINHA DE FRENTE

“O Metrô tem função essencial no dia a dia da nossa metrópole”

Jean Carlos Pejo - Secretário geral da Associação Latino-americana de Ferrovias no Brasil (ALAF)

Na visão do engenheiro Jean Pejo a presença do Metrô de São Paulo na vida da capital paulista e seu entorno é não só extremamente positiva como fundamental. Ele ressalta que o modal metroviário transporta 4 milhões de passageiros por dia, com tendência a superar essa marca assim que seja concluída a expansão da Linha 2-Verde, e seja retomada a Linha 6-Laranja. “Enfim podemos dizer que temos um sistema integrado, mas é pouco ainda para a dimensão da capital paulista, ainda que – via integrações – praticamente se consiga chegar às várias regiões da cidade”. Com relação ao transporte metropolitano Pejo acha que não há dúvidas de que a expansão do Metrô está
atendendo uma enorme demanda reprimida.

entrevista_001.jpgBRASIL ENGENHARIA | ENTREVISTA

“O sistema que há 45 anos mudou o transporte público em São Paulo”

Silvani Alves Pereira - Diretor-presidente da Companhia do Metropolitano de São Paulo – Metrô

O Metrô foi o sistema que mudou o transporte público em São Paulo a partir de sua fundação como empresa no final dos anos 1960. Segundo sua diretoria a Companhia segue o firme propósito de ampliar suas linhas metroviárias no atendimento à rede metropolitana, perseguindo a “mobilidade urbana sustentável” no que diz respeito ao meio de transporte de alta capacidade utilizando energia limpa, em que o cidadão pode usufruir do equipamento com qualidade, conforto e segurança. Além disso, o sistema atua como infraestrutura propiciando integração entre os demais modos de transporte, agregando terminais de ônibus municipais e intermunicipais, trens, ciclovias, bicicletários, entre outros.

Artigos

Biblioteca

Palavra do Leitor

Arte&Vinho

Memórias

Crônica

Opinião

Site Login