Entenda a nova norma de desempenho NBR 15.575

01/06/2012 - Entenda a nova norma de desempenho NBR 15.575

Março de 2013 é a data prevista para que as exigências da norma sejam adotadas pelas construtoras
 
O Projeto de Norma da NBR 15.575, que vai estabelecer os requisitos de desempenho para edifícios habitacionais, está atualmente em consulta nacional na Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). A previsão para entrar em vigor é março de 2013. Algumas modificações foram consideradas necessárias desde a versão de 2008, o que gerou adiamentos para que os Comitês de Estudos pudessem adequar o texto.
Segundo Fernando Neves, coordenador Técnico Comercial, da Isover Saint-Gobain que participou dos Comitês de Estudos (acústica) dessa Norma, a NBR 15.575 tem grande importância, em especial no âmbito do tratamento acústico, para a melhoria do desempenho dos edifícios residenciais em relação a itens especificados de acústica e térmica, na qualidade de vida das pessoas e no desempenho da construção civil em geral.
"A norma está dividida em seis partes. Referências sobre acústica aparecem em cinco delas. Na primeira parte sobre requisitos gerais; na terceira que aborda o desempenho acústico para pisos; na parte quatro fala de desempenho acústico para vedações externas e internas (paredes); na parte de número cinco sobre desempenho acústico para coberturas; e, na parte seis aborda o desempenho acústico para instalações hidrossanitárias. Vale a pena lembrar que no caso de uma ação jurídica contra uma construtora esta norma poderá ser consultada e adotada por um juiz tomando força de lei, sendo assim, todos os projetos de edifícios habitacionais aprovados em prefeituras a partir de março de 2013, deverão obrigatoriamente atender aos requisitos", explica Neves.
A norma tem o foco principal de melhorar o desempenho das construções residenciais brasileiras. No item de acústica da parte quatro - vedações externas e internas, os construtores, deverão atender ao desempenho mínimo, intermediário ou superior de atenuação exigido e classificado conforme os níveis de ruídos existentes no entorno como, por exemplo: baixo, médio e alto de acordo com o estudo para implantação do edifício naquele local. Sendo assim, um edifício que será construído às margens de uma avenida de alto fluxo de veículos (marginais), terá que atender exigências maiores quanto à isolação acústica das fachadas do que outro edifício construído em uma rua tranquila, localizado em bairro residencial com níveis de ruídos bem mais baixo s em relação ao primeiro exemplo.
Algumas construtoras estão se adiantando e construindo edifícios atendendo requisitos da norma por saberem que será um diferencial e que poderá atrair mais clientes. O consumidor será beneficiado por ter a possibilidade de exigir maior qualidade e desempenho dos imóveis a partir dos requisitos da norma, além de ter mais segurança, conforto e privacidade em seu apartamento quando se fala em desempenho e conforto acústico.
 
Sobre a Isover Saint-Gobain
A Isover Saint-Gobain, fundada em 1937 na Europa, é líder mundial em materiais de isolamento térmico e acústico. Presente no Brasil desde 1951 é a maior fabricante de lã de vidro. Fabrica produtos para os setores da Construção Civil, Industrial e Automobilístico. Seus produtos colaboram para a conservação da energia, proporcionando eficiência energética de maneira limpa.
Para a Construção Civil produz forros acústicos removíveis; subcoberturas residenciais; feltros para isolamento sob coberturas metálicas; painéis absorvedores para instalação em paredes internas; e, a lã de vidro usada tanto nesses produtos quanto para isolamento do sistema drywall.
Para o mercado Técnico a Isover faz painéis para aplicações industriais; revestimentos termo acústicos para tubulações industriais de usinas e caldeiras; e, revestimentos e dutos para ar condicionado.
Aliada da construção sustentável a Isover contribui para educar o mercado, oferecendo treinamento para a formação de mão de obra e busca constante pelas melhores práticas fabris, resultando hoje em produtos com 60% de material reciclado. Os produtos Isover atendem aos critérios exigidos pela nova Norma de Desempenho para Edifícios Habitacionais (NBR 15.575).
Segue os princípios mundiais das fábricas do Grupo Saint-Gobain, como: respeito ao meio ambiente, controle de efluentes, instalação de filtros na saída das chaminés, oxigenação dos fornos com a substituição do óleo combustível por gás, tratamento e reciclagem de água.
Utiliza Sistema Integrado de Gestão da Qualidade, Meio Ambiente, Segurança e Saúde Ocupacional o que garante a tripla certificação: ISO 9001, ISO 14.001 e OHSAS 18.001. A Isover acredita que a maneira mais limpa de se gerar energia é conservar energia.
SAC (Serviço de Atendimento ao Consumidor): 0800 055 3035.

Casa da Notícia Comunicação

 

Site Login