'Roteiro da Água' tem passeios para celebrar Dia Mundial da Água

sabesp ete'Roteiro da Água' tem passeios para celebrar Dia Mundial da Água

Entre as atividades gratuitas estão visitas a reservas florestais, estações de tratamento de água e museus

A Companhia de Saneamento Básico do Estado São Paulo (Sabesp) aproveita o Dia Mundial da Água, comemorado na quinta-feira, 22 de março, para oferecer ao público uma série de visitas em suas dependências.




 

Nos locais sugeridos, que integram o "Roteiro da Água", a população tem a oportunidade de visitar reservas, conhecer de perto os trabalhos realizados pela Sabesp para tratar a água consumida pela população e saber mais sobre a importância da preservação deste recurso da natureza. Os passeios gratuitos podem ser feitos durante o ano todo.

Sistema Cantareira e Estação de Tratamento de Água (ETA) Guaraú
Quem quiser conhecer como funciona o processo de tratamento da água pode agendar visita monitorada ao maior sistema de abastecimento operado pela Sabesp, o Sistema Cantareira. Na Estação de Tratamento de Água (ETA) Guaraú são tratados 33 mil litros de água por segundo, provenientes das represas Jaguari, Jacareí, Cachoeira, Atibainha e Paiva Castro. O sistema é responsável por abastecer aproximadamente 9 milhões de pessoas na Região Metropolitana de São Paulo e traz água de longe, a 120 km da capital. A visita inclui parada na Represa Paiva Castro, na Estação Elevatória Santa Inês e na ETA Guaraú. Na Estação Elevatória Santa Inês, construída em meio a rochas, os visitantes poderão ver equipamentos instalados a 60 metros da superfície. A Estação permite que a água supere os 120 metros de obstáculo natural da Serra da Cantareira, sendo bombeada até a represa Águas Claras. São quatro unidades de bombeamento com capacidade de 11 mil litros por segundo cada uma. Quem preferir também pode fazer uma visita mais curta e conhecer apenas a ETA Guaraú.

As visitas devem ser solicitadas à Sabesp por uma instituição ou entidade responsável. Os grupos devem ser de no mínimo 20 e no máximo 40 pessoas. O transporte fica por conta dos visitantes. Quando o passeio é agendado por escolas, é preciso o acompanhamento de dois professores ou mais por turma. É permitida a participação de estudantes a partir do 6º ano (5ª série) na ETA Guaraú, e a partir do ensino médio na visita pelo Sistema Cantareira.

Ponto de encontro: km 2 da Estrada de Santa Inês, no bairro Pedra Branca, São Paulo

Data deve ser agendada no site da Sabesp (www.sabesp.com.br) - acesse a área Sociedade e Meio Ambiente/Educação/Visite a Sabesp/Estação e Tratamento de Água do Guaraú, ou Sistema Cantareira/Reservar
Contato: (11) 3388-8111
Início da visita: 10h30

Entrada gratuita

Reserva do Morro Grande e ETA Alto Cotia

No município de Cotia, a Reserva Florestal do Morro Grande é uma opção para quem quer fugir da agitação da cidade. Com mais de 10 mil hectares de remanescente da mata atlântica e localizada a 34 km da capital, a área encontra-se preservada e exibe grande variedade de plantas e animais. A reserva é uma das maiores extensões florestais no sudoeste da metrópole e de grande relevância: criada em 1979, foi tombada pela Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo em 1981 e, em 1994, foi incorporada, por reconhecimento internacional da Unesco, à Reserva do Cinturão Verde da Cidade de São Paulo.

Sob jurisdição da Sabesp, a área protege todo o sistema de produção de água do Alto Cotia. A água vem da represa Pedro Beicht, formada pelos rios Capivari e Cotia do Peixe. A captação é feita na represa Cachoeira da Graça e transportada para a Estação de Tratamento de Água do Alto Cotia. A produção de aproximadamente 1.250 litros de água por segundo abastece cerca de 400 mil habitantes.

Em visitas monitoradas, é possível conhecer a ETA Alto Cotia e todo o processo de tratamento de água. Quem quiser também pode fazer uma trilha até a represa da Cachoeira da Graça e ainda conhecer um viveiro de plantas na região. As visitas devem ser solicitadas à Sabesp por uma instituição ou entidade responsável. Os grupos precisam ter entre 20 e 40 pessoas. O transporte fica por conta dos visitantes.

Estrada do Morro Grande, km 42,5, Cotia

Contato: agendamento pelo telefone (11) 4614-9213/9215

Entrada gratuita

 

Palácio Saturnino de Brito

O local é opção para quem quer conhecer a história do saneamento na Baixada Santista. Reúne móveis, equipamentos e projetos originais do engenheiro sanitarista Francisco Saturnino Rodrigues de Brito, pioneiro na implantação de sistemas de drenagem e de rede de esgoto da cidade. O visitante também pode conferir fotos, vídeos e painéis das obras do Onda Limpa, da Sabesp, o maior programa de saneamento do litoral brasileiro.

Construído no final do século XIX para abrigar a antiga Repartição de Saneamento, o Palácio Saturnino de Brito apresenta arquitetura de estilo clássico. O edifício conta com uma grande porta de entrada em ferro batido, uma escadaria em mármore nacional e um vitral que retrata a escalada da Serra do Mar pelos Bandeirantes. Hoje, o prédio é sede da Unidade de Negócio da Baixada Santista da Sabesp.

O palácio também é uma das estações de parada do bonde que percorre os principais pontos turísticos de Santos, realizado pela Prefeitura.
Av. São Francisco nº 128, Centro Histórico, Santos
Terça a domingo, das 11h às 17h

Contato: (13) 3201-2657

Entrada gratuita

 

Museu do Hidrômetro e Laboratório de Hidrometria

No Museu do Hidrômetro, o visitante tem a oportunidade de conhecer a evolução tecnológica pela qual passaram os medidores. Também conhecido como relógio, o equipamento faz a apuração do consumo de água. No local, são encontrados os mais diferentes tipos de hidrômetros, desde o primeiro instalado em São Paulo, de 1888, até os mais recentes. Em visitas monitoradas, os participantes aprendem detalhes sobre o funcionamento dos aparelhos. Além disso, são alertados sobre os problemas causados pelas fraudes nos medidores, que podem comprometer inclusive o abastecimento da população.

Depois de passar pelo museu, o visitante pode estender o passeio até o Laboratório de Hidrometria, onde os equipamentos são reparados e aferidos. A precisão na medição é fundamental para que o cliente controle o seu consumo e pague uma conta justa. Mensalmente, o laboratório recupera aproximadamente 4.000 hidrômetros e realiza a inspeção em cerca de 3.000 medidores.

As visitas devem ser agendadas por grupos em torno de 10 a 20 pessoas. O transporte fica por conta do visitante. O Museu e o Laboratório de Hidrometria estão localizados na unidade da Sabesp no Guarapiranga.

Rua José Rafaelli, 284, Guarapiranga, São Paulo

Contato: agendamento pelo telefone (11) 5683-3244

Entrada gratuita

Estações de Tratamento de Esgoto (foto)

O tratamento de esgoto não é um processo simples, envolve diferentes etapas que dependem das características físicas, químicas e biológicas dos efluentes e é fundamental para a preservação dos corpos d’água: rios, represas e córregos. Para saber como acontece este tratamento, os interessados podem conhecer as Estações de Tratamento da Sabesp. Atualmente, estão abertas para visitação a ETE ABC e a ETE Suzano. O roteiro inclui palestra e passagem pelas diferentes fases do tratamento.

A ETE ABC beneficia cerca de 1,4 milhão de habitantes das regiões de Santo André, São Bernardo do Campo, Diadema, São Caetano, Mauá e parte da cidade de São Paulo. Já a ETE Suzano serve a aproximadamente 720 mil habitantes nos municípios de Mogi das Cruzes, Suzano, Poá, Itaquaquecetuba e Ferraz de Vasconcelos.

As visitas monitoradas devem ser solicitadas à Sabesp por uma instituição ou entidade responsável. Os grupos devem ter entre 20 e 40 pessoas. A idade mínima para participar é de 11 anos. Quando a visita é solicitada por escolas, é preciso que a cada cinco alunos do ensino fundamental haja um professor para acompanhar. Já para o ensino médio, a cada dez alunos um professor acompanha o grupo. O transporte fica por conta do visitante.

ETE ABC: Avenida Almirante Delamare, 3.000, São Paulo
ETE Suzano: Rua Major Pinheiro Froes, 1.560, Suzano
Contato: agendamento pelo telefone (11) 3388-6952, ou, preferencialmente, pelo e-mail Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.
Início da visita: 9h
Entrada gratuita

 

Site Login