eventos

Eventos

18/09/2017 - Maior evento de tecnologia industrial do mundo está com as inscrições abertas

Em 25 e 26 de outubro, a conferência anual promovida pela GE, Minds + Machines, chega à São Francisco, Califórnia, para sua sexta edição. O evento mostrará como as máquinas e os dados, quando aplicados nos setores industriais e gerenciados pela mente humana, podem contribuir para produtividade, aproveitando melhor o tempo e poupando energia, a fim de investir esforços em ideias inovadoras.

Serão mais de 130 painéis, ao longo de dois dias, em que executivos da GE e profissionais do mercado mostrarão como os setores de Aviação, Manufatura, Saúde, Mineração e Marítimo vêm sendo alavancados por inteligência de dados, processamento integrado e soluções conectadas capazes de impulsionar os meios, serviços e produtos.

Em 2016, a GE apresentou suas soluções mais inovadoras para o setor industrial e surpreendeu os participantes com o alto nível de discussões dos painéis. São "gêmeos digitais" hospedados na nuvem, realidade virtual de corações para diagnósticos mais precisos, um ecossistema digital capaz de monitorar remotamente as condições de operação de turbinas eólicas, e muito mais.

As inscrições podem ser feitas no site do evento e as vagas são limitadas.
https://ge.cvent.com/events/minds-machines-2017/registration-9c358e5cf3ce42faa9742ca9f1ba8acb.aspx?fqp=true

 

18/09/2017 - Governo do Estado realiza 2º FeirãoMorar Bem, Viver Melhor em outubro

Evento terá investimento de R$ 37,6 milhões para oferecer cheque-moradia para beneficiários de auxílio-moradia da CDHU e servidores estaduais

O Governo do Estado irá realizar a segunda edição do Feirão Morar Bem, Viver Melhor nos dias 20, 21 e 22 de outubro, no São Paulo Expo. Durante o evento, serão disponibilizados R$ 37,6 milhões para que beneficiários do auxílio-moradia da CDHU e servidores estaduais tenham um cheque-moradia, um subsídio estadual de até R$ 40 mil, para comprar imóveis de até R$ 220 mil. O Feirão Morar Bem, Viver Melhor será aberto para toda a população interessada na aquisição da casa própria.

"O setor da Habitação começa a se recuperar dos efeitos da grave crise econômica. Por isso, o Feirão Morar Bem, Viver Melhor é muito oportuno para viabilizar o sonho da casa própria para famílias de baixa renda neste momento de retomada e baixa de preços", diz o secretário estadual da Habitação, Rodrigo Garcia.

O evento será organizado pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria da Habitação, em parceria com Secovi-SP (Sindicato da Habitação), SindusCon-SP (Sindicato da Construção) e Abrainc (Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias).

O cheque-moradia é voltado para funcionários públicos estaduais, ativos e inativos, dos poderes Executivo, Legislativo ou Judiciário, com renda familiar bruta de até R$ 5.280, e os beneficiários do auxílio-moradia - que recebem até R$ 400 por mês. O valor dos cheques varia de R$ 5 mil a R$ 40 mil, de acordo com a renda mensal das famílias e a região do Estado em que está localizado o imóvel. Os subsídios só poderão ser utilizados durante o Feirão. O interessado não pode ser proprietário de imóvel residencial ou ter recebido atendimento habitacional anterior.

O Feirão terá a venda apenas de imóveis novos, em condições vantajosas para servidores públicos e beneficiários do auxílio-moradia. Poderão ser unidades prontas, em obras ou lançamentos na planta. As incorporadoras oferecerão desconto no valor dos imóveis, além de custear a documentação necessária, como registro do imóvel e pagamento do ITBI (Imposto sobre Transmissão de Bens Imóveis). Com isso, os compradores terão mais oportunidades para conseguir financiamento habitacional do restante do valor do imóvel na Caixa Econômica Federal.

Feirão

A primeira edição foi realizada no Ginásio do Ibirapuera, no dia 5 de novembro do ano passado. Foram emitidos 782 cheques moradia – sendo 749 para servidores públicos e 33 para beneficiários do auxílio moradia. Isso representa um investimento de R$ 18,4 milhões do Governo do Estado a fundo perdido.

Desse total de 782 imóveis comercializados, 429 foram na capital, outros 100 em Cotia, mais 82 em Guarulhos, 40 em Suzano, 30 em Francisco Morato, 17 em Itaquaquecetuba, 12 em Sorocaba, 9 em Assis e em Mauá, 7 em Barretos, 6 em Olímpia, 5 em São José dos Campos, Jandira e Osasco, 4 em Bauru, 3 nas cidades de Salto, Praia Grande e Piracicaba, 2 em Pindamonhangaba, Ferraz de Vasconcelos, Mogi das Cruzes, e 1 em Diadema, Franca, Ribeirão Preto, Taubaté, Americana, Campinas e São Carlos.

Os subsídios do Cheque-Moradia e dessas faixas do programa federal serão cumulativos. O Feirão é um evento de apoio ao crédito habitacional que oferece condições para que mais famílias de baixa renda realizem o sonho da casa própria. Além disso, direciona estoques de unidades habitacionais, que se acumularam durante a atual crise econômica, e contribui para a retomada do crescimento do setor imobiliário e para a geração de empregos. O evento também estará aberto para comercializar empreendimentos das faixas 1,5 e 2 do Programa Minha Casa Minha Vida, do Governo Federal.

Cadastro

Para poder usar o Cheque-Moradia, os funcionários públicos estaduais deverão fazer um cadastro prévio no site da Secretaria de Estado da Habitação (www.habitacao.sp.gov.br), que conta com um banner do 2º Feirão Morar Bem, Viver Melhor. O site tem todas as informações sobre o benefício, inclusive a lista dos documentos que precisam ser levados no Feirão e as regras para participar. Além disso, foram cadastrados os beneficiários do auxílio-moradia que se enquadram no programa.

O Cheque-Moradia terá validade de 90 dias, prazo estimado para viabilizar as contratações iniciadas durante o evento e assinatura de contrato de financiamento habitacional com a Caixa Econômica Federal. Após o comprador contratar o imóvel com o incorporador, não será possível alterar o imóvel em que o interessado usará o subsídio.

15/09/2017 - Evonik estará presente na Abrafati 2017
 
Como uma das principais fornecedoras mundiais de insumos para a indústria de tintas e revestimentos, a empresa apresentará novidades e um amplo portfólio de produtos alinhados às exigências de formulações modernas e sustentáveis.
 
A Evonik, uma das líderes mundiais em especialidades químicas, participa de mais uma edição da Abrafati, que reúne o Congresso Internacional de Tintas e a Exposição Internacional de Fornecedores para Tintas, entre os dias 03 e 05 de outubro, no São Paulo Expo, em São Paulo.
 
Para participar desta 15ª edição do evento, que é considerado o maior do setor de tintas na América Latina, a Evonik estará presente com um estande de 144 m², com representantes de todas as linhas de negócio com atuação no segmento de tintas – um time especializado e capacitado para prestar suporte técnico e comercial aos visitantes.
 
A Linha de Negócios Coating Additives da Evonik passou por uma recente reorganização interna após a aquisição da divisão Performance Materiais da Air Products, concretizada em janeiro de 2017. Reunindo as linhas de produtos TEGO®, Aditivos Especiais e Sílicas, o objetivo é consolidar a condição de fornecedor preferencial do mercado de tintas na América do Sul e atender as mudanças de tecnologia e novas exigências de sustentabilidade na formulação de tintas e revestimentos.
 
Em decorrência das restrições mundiais cada vez maiores em relação aos limites de emissão de compostos orgânicos voláteis (VOC) e cumprimento com regulamentos para contato com alimentos e EcoLabel, os fabricantes de tintas e revestimentos estão enfrentando mais limitações na seleção de suas matérias-primas e buscando novas maneiras de ajustar as suas formulações. Com o objetivo de apoiar os seus clientes nesses esforços, a Evonik também expande continuamente o seu portfólio de produtos com características sustentáveis.
 
Especialidades em destaque na Abrafati 2017
Entre os destaques e novidades, estarão as sílicas para controle reológico e modificação de superfície, aditivos antiespumantes, surfactantes, aditivos food contact para tintas de impressão de embalagem de alimentos, aditivos de superfície, co-resinas de adesão, resinas metacrílicas, resinas de poliéster saturado, silanos funcionais, siloxanos e monômeros metacrilatos, entre outras matérias-primas de última geração. Confira:

AEROSIL® R 202: Sílica pirogênica pós-tratada com óleo de silicone e altamente hidrofóbica, o que confere alto controle reológico, superior tixotropia e repelência à água.

AERODISP® WR 8520: Dispersão aquosa de sílica pirogênica hidrofóbica com elevada eficiência no controle reológico para diversos revestimentos base água. Melhora significativamente o comportamento da viscosidade e escorrimento; possui propriedades antissedimentação e atua no melhoramento das propriedades mecânicas da tinta.

ACEMATT® 3300: Sílica pós-tratada, que atua como agente fosqueante e tem efeito de toque macio/fino acabamento.

AIRASE® 4655: Novo antiespumante desenvolvido para controlar e eliminar espumas em uma ampla gama de sistemas base água, sobretudo em adesivos de consumo, tintas de impressão, moagem de pigmentos, vernizes de sobreimpressão e revestimentos. Por ser um antiespumante à base de óleo orgânico relativamente compatível, é fácil de incorporar e tem excelente compatibilidade com alta estabilidade de cisalhamento. É recomendado para aplicações que necessitam cumprir com amplos regulamentos para contato com alimentos, pois não contém óleos minerais, poluentes atmosféricos perigosos (HAP), alquilfenol etoxilatos (APEs) ou dióis acetilênicos.

AIRASE® 5355 e AIRASE® 5655: Novos antiespumantes, AIRASE® 5355 é um forte antiespumante à base de siloxano concebido para controlar e eliminar rapidamente a espuma sem gerar defeitos em sistemas base água, na moagem de pigmentos, em tintas de impressão, verniz de sobreimpressão, adesivos e revestimentos. Ele pode ser incorporado na moagem ou completagem, dependendo dos requisitos da formulação. AIRASE® 5655 oferece uma excelente compatibilidade por ser uma antiespumante à base de siloxano mais compatível para completagem em aplicações similares. Estes produtos não contêm óleos minerais, poluentes atmosféricos perigosos (HAP) ou alquilfenol etoxilatos (APEs) e são recomendados para aplicações base água que necessitam estar em conformidade para contato com alimentos.

TEGO® Foamex 10 a 34: A nova série de antiespumantes oferece vantagens por reduzir o tempo de produção, definindo a capacidade de enchimento com mais precisão e melhorando a aparência e o desempenho dos revestimentos imobiliários com investimento mínimo. Possuem baixo teor de compostos orgânicos voláteis (VOC), são compatíveis com rótulos ecológicos e foram desenvolvidos para atender a todos os requisitos pertinentes aos revestimentos imobiliários. O novo portfólio TEGO® Foamex é composto por 10 antiespumantes com vários perfis de desempenho.

SURFYNOL® 355: Novo surfactante desenvolvido para fornecer umectação dinâmica sem gerar excesso de espuma em dispersões de pigmentos, tintas de impressão, vernizes de sobreimpressão, adesivos e revestimentos base água. Não contêm óleos minerais, poluentes atmosféricos perigosos (HAP), alquilfenol etoxilatos (APEs) ou dióis acetilênicos, cumprindo com múltiplos regulamentos para contato com alimentos. É facilmente incorporado em sistemas base água e oferece umectação superior para substratos difíceis de umectar, como liners com release de silicone e tintas litográficas.

TEGO® Wet 285 e 550: Novos aditivos desenvolvidos especificamente para impressão na embalagem de alimentos. Graças a uma nova concepção de polímero de alto peso molecular, ambos os produtos têm uma tendência particularmente baixa a migrar. TEGO® Wet 285 e 550 também cumprem com a portaria suíça (Anexo 6, Lista A), que regula o uso de substâncias usadas para impressão de embalagem de alimentos. Com excelentes propriedades de umectação de substrato, TEGO® Wet 550 melhora a confiabilidade do processo e obtém resultados de impressão de alta qualidade. A redução pronunciada da tensão superficial que pode ser alcançado em particular com o TEGO® Wet 285, juntamente com baixa estabilização de espuma, permite fácil umectação de substratos exigentes, como filmes. TEGO® Wet 550 é particularmente adequado para uso em papel. Ambos os produtos são isentos de solventes e líquidos, o que se traduz em fácil manipulação para formuladores em produção e no laboratório.

TEGO® Glide 490, 492 e 494: O novo aditivo de superfície TEGO® Glide 490 foi especialmente desenvolvido para o mercado de laca de móveis. Combina propriedades de antibloqueio com excelente compatibilidade. TEGO® Glide 492 é distinguido pela sua resistência à intempérie e cumpre com os requisitos EcoLabel e, portanto, é especialmente adequado para formulações custo-benefício na área de trim e revestimentos faça você mesmo (DIY). TEGO® Glide 494 é livre de solvente e satisfaz requisitos especiais sobre propriedades táteis e resistência química em couro e aplicações de impressão e confere excelente resistência à abrasão.

TEGO AddBond LP 1600 e LP 1611: As novas co-resinas de adesão para formulações no setor de revestimentos possuem excelentes propriedades de fluidez e são adequadas ao contato com alimentos. Além disso, reduzem a viscosidade sem aumentar o teor de compostos orgânicos voláteis (VOC) do revestimento.  Essa combinação única de características permite que sejam usadas como resinas de adesão em sistemas alto sólidos. As co-resinas TEGO® AddBond LP líquidas são resinas de poliéster formuladas para serem adicionadas a um sistema de revestimento existente. Desenvolvidas especificamente para sistemas alto sólidos, esses produtos são particularmente adequados para itens industriais grandes que não são revestidos em ambiente industrial. As maiores preocupações no caso dessas aplicações são longa expectativa de vida, resistência à intempérie e resistência química. Graças à aprovação 175.300 da FDA, ambos os tipos de AddBond LP são adequados ao contato com alimentos. TEGO® AddBond LP 1611 exerce menor impacto sobre a dureza do revestimento final. TEGO® AddBond LP 1600 reduz o teor de VOC do revestimento final pela menor viscosidade inerente da resina.

TEGO® Color Aid 7060 e 7065: A nova tecnologia expande as possibilidades de aplicação de concentrados de pigmentos universais em revestimentos à base de resina alquídica. TEGO® Color Aid 7060 e 7065 são compatibilizadores adicionados ao revestimento base para aumentar a compatibilidade com o concentrado de pigmento. Em contraste com os compatibilizadores atualmente disponíveis, a nova tecnologia funciona para pigmentos orgânicos e inorgânicos. Além disso, as propriedades do revestimento acabado são pouco afetadas. Em comparação com os compatibilizadores existentes, é necessário apenas um nível de adição muito pequeno. Outra vantagem é que a estrutura do tensoativo amido amina foi desenvolvido de modo que o tempo de secagem do revestimento praticamente não seja afetado. Os tons de cor também permanecem inalterados e não precisam de ajuste.

CARBOWET® GA-200: Novo surfactante que fornece benefícios multifuncionais em uma ampla gama de formulações aquosas e atende aos crescentes regulamentos e requisitos de saúde, meio ambiente e saúde globais. Oferece ação surfactante superior e baixa formação de espuma para sistemas pigmentados que fornecem benefícios de umectação, moagem e compatibilização sem os impactos adversos na sensibilidade à água, espuma ou reologia tipicamente encontrado com outros surfactantes. Além disso, é apropriado para formulações que necessitam estar em conformidade com as exigências de baixo teor de compostos orgânicos voláteis (VOC), baixas emissões e EcoLabel.

DEGALAN®: resinas metacrílicas utilizadas na fabricação de tintas para embarcações, containers, instalações metálicas, etc. O diferencial desta linha de resinas é a elevada resistência a intempéries, podendo ser utilizada em diversas aplicações exteriores.

DYNAPOL®: resinas poliéster saturado que são utilizadas principalmente na fabricação de tintas para revestimento interior e exterior de latas de alimentos com vantagens em relação aos sistemas convencionais, pois, além de proporcionarem excelente flexibilidade e resistência a esterilização, não liberam para o alimento substâncias prejudiciais à saúde.

Dynasylan®: silanos funcionais usados em ampla variedade de revestimentos de alto desempenho, tratamento de metais e resinas. São utilizados para modificar superfícies, como monômeros para síntese de resinas e para melhorar a adesão entre superfícies orgânicas e inorgânicas. Os sistemas à base de Dynasylan® constituem uma das alternativas mais atraentes para proteção contra corrosão em virtude de sua especial característica de não prejudicar o meio ambiente.

Protectosil®:  silanos e/ou siloxanos de alta qualidade para hidrofobização (repelentes de água), controle de graffiti, inibição de corrosão (tratamento com inibidores de corrosão) e proteção de superfície (fácil de limpar). A linha de produtos Protectosil® fornece a solução perfeita para quase todos os materiais utilizados em construção civil.

VISIOMER® Monômeros metacrílicos: portfólio com mais de 50 produtos partindo dos monômeros básicos GMAA, MMA, BMA, IBMA, HEMA, HPMA, até monômeros especiais como EHMA, MADAME, CHMA e MPEG, entre outros, para fabricação de resinas e demais polímeros para aplicação em revestimentos automotivos, industriais e arquitetônicos. Os monômeros metacrílicos servem de apoio às soluções inovadoras em sistemas acrílicos e poliuretanos.

Crosslinkers: a nova linha de Negócios Crosslinkers da Evonik oferece grande variedade de produtos para aplicações em epóxi e poliuretano a partir de uma única fonte, quer sejam aminas básicas, monômeros de isocianato, poliisocianatos ou endurecedores epóxi formulados. Os produtos atendem os segmentos de revestimentos e adesivos, engenharia civil, elastômeros e compósitos de alta performance. A Evonik é pioneira na química da isoforona e abrange toda a cadeia de valor: isoforona, diamina, diisocianato e poliisocianato. Além disso, seu portfólio contém um sortimento completo de agentes de cura amínicos para aplicações em cura ambiente e a quente.
Em virtude de sua resistência mecânica, durabilidade, resistência química e excelentes propriedades de adesão, esses produtos são usados sobretudo em aplicações industriais.
O porftólio de Crosslinkers abrange diversos grades de marcas fortes: Amicure®, Ancamide®, Ancamine®, ANCAREZ®, Ancatherm®, Anquamine®, Anquawhite®, Curezol®, DICYANEX®, Epilink™, Epodil®, Hybridur®, Imicure®, Nourybond®, Sunmide®, VESTAGON®, VESTAMIN®, VESTANAT® e VESTASOL®.

Serviço:
Abrafati 2017
Data: 03 a 05 de outubro
Horário: Exposição –11h às 20h / Congresso: 8h30 às 17h30
Local: São Paulo Expo - Av. dos Imigrantes - Km 1,5 – São Paulo
Mais informações: www.abrafati2017.com.br
Estande da Evonik: Rua 8, entre as avenidas B e C
 
Evonik Degussa Brasil Ltda. - Fone: (11) 3146-4100
ViewImage.jpg

14/09/2017 - Porque a América Latina deve redefinir o planejamento urbano
 
Constantin Dellis, chefe da Secretaria Geral da Associação Latino-Americana de Metrôs e Subterrâneos (ALAMYS), aproveitará seu espaço no painel 2 da 23ª SEMANA DE TECNOLOGIA METROFERROVIÁRIA, que tem como tema “O impacto do metrô no desenvolvimento urbano”, para apresentar um documento de análise com o título “Porque o desenvolvimento de projetos de transporte sobre trilhos é a melhor opção para a sustentabilidade das grandes cidades latino-americanas.”
 
O  texto dará suporte a ação a ser desencadeada pela ALAMYS com apoio da Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Metrô - AEAMESP e outras organizações brasileiras do setor, visando demonstrar, para os tomadores de decisão na esfera governamental, as vantagens técnicas, econômicas, políticas, sociais e ambientais trazidas pela implantação ou ampliação de modos de transporte de passageiros sobre trilhos como elementos estruturadores do transporte público nos maiores centros urbanos e ponto de apoio fundamental para a transformação da realidade das metrópoles latino-americanas.
 
Programado para o dia 20 de setembro de 2017, das 10h40 às 12h, o painel da ALAMYS reunirá ainda especialistas dos metrôs da cidade do Porto, Portugal; Santiago, Chile, e Medellín, Colômbia.

Transformando cidades latino-americanas
O documento está estruturado em dois segmentos principais, seguidos de uma súmula das conclusões e da indicação de referências concernentes aos dados e conceitos apresentados.

O primeiro segmento trata de oferecer elementos que indicam porque a América Latina deve redefinir o planejamento urbano, considerando, no caso dos grandes centros, a reformulação do papel dos sistemas de transporte público – em especial os sistemas sobre trilhos – para torná-los elementos de indução do progresso, da qualificação das cidades e do bem-estar de suas populações.

Essa parte serve de pano de fundo para o tema central do documento, oferecendo elementos a respeito da urbanização latino-americana e alguns de seus principais problemas. O documento aponta a necessidade de reversão de um quadro marcado pela falta de vontade política e, consequentemente, pela ausência de recursos para ações de planejamento que possam transformar as metrópoles e as maiores cidades da região.

De modo geral, esses grandes centros ostentam tipologia urbana marcada por uma dicotomia: a existência de áreas que abrigam, além das melhores residências e infraestruturas qualificadas, também as instituições públicas e empresas privadas, a maior parte dos empregos e todos os tipos de serviços, em contraposição as grandes periferias destinadas essencialmente a servir de dormitório às populações  de baixa renda, “condenadas a viajar longas distâncias, com dificuldade, para realizarem as suas atividades cotidianas em outros locais”.

O texto salienta que, em 2017, a América Latina conta com 647 milhões de habitantes, dos quais aproximadamente 79% moram nas cidades, e segue apresentando propensão ao aumento de suas populações urbanas nos próximos anos. E que tal situação amplia a pressão para atendimento das necessidades de mobilidade, de modo a garantir o acesso “democrático, equitativo e eficiente” de toda população aos diferentes bens e serviços que as cidades oferecem.

Todo esse contexto evidencia a importância da implantação e ampliação de sistemas de transporte público – os sistemas sobre trilhos, de alta capacidade, integradamente com os outros modos eficientes de transporte – para apoiar o desenvolvimento e o progresso das cidades e assegurar às pessoas o direito fundamental de melhorar substancialmente a sua qualidade de vida.

Os pontos em favor dos trilhos urbanos
Na segunda parte do documento, são apresentadas quatro razões que justificam a implantação de projetos metroferroviários nas cidades latino-americanas. Os sistemas metroferroviários são mais rápidos, confiáveis e seguros, com atributos como pouca ou nenhuma interferência de outros modos, maior frequência, regularidade dos tempos de viagens e de espera, melhor oferta de informações aos usuários, e, ainda, melhores condições de conforto, bem como segurança relativa a acidentes e a ações criminosas.

Com base em exemplos internacionais, o documento destaca elementos indicativos de que os sistemas metroferroviários revalorizam as cidades e aumentam o valor agregado das propriedades instaladas em seus arredores, possibilitando que o poder público recupere, para possíveis novos financiamentos, os montantes investidos em infraestruturas concernentes à implantação de metrôs.

O estudo também traz elementos demonstrativos de que os sistemas metroferroviários apresentam alta eficiência no uso do espaço urbano, no consumo de energia e quanto a emissões ao meio ambiente. E de que asseguram para toda a sociedade menores custos econômicos e, mais do que isso, expressiva economia de recursos públicos, das empresas privadas e dos cidadãos, quando se consideram todas as suas externalidades positivas, entre as quais, redução de tempos de deslocamento, diminuição de congestionamentos, emissões de poluentes e de acidentes de trânsito.

Subsídios operacionais para o transporte público
O documento de análise toca ainda num ponto consideravelmente sensível para os gestores e os passageiros nas cidades brasileiras: a questão do custeio dos sistemas de transporte coletivo diante da necessidade de garantir a modicidade da tarifa para o usuário, sem sacrificar a qualidade das infraestruturas e dos serviços. O texto aponta que os níveis de subsídio são baixos na América Latina, enquanto na América do Norte, Europa e Oceania, os sistemas contam com níveis significativos de subsídio operacional, suportados por diferentes fontes, inclusive recursos públicos. E mostra o exemplo de grandes cidades asiáticas nas quais parte considerável do custo operacional dos sistemas é coberta com receitas não tarifárias, geradas por meio de um arcabouço jurídico que facilita o negócio para os operadores.

Serviço
23ª SEMANA DE TECNOLOGIA METROFERROVIÁRIA e METROFERR Lounge Experience
Data: 19 a 22 de setembro de 2017
Horário dia 19: 14 às 17h30
Horário dias 20 a 22: 9h00 às 17h40
Local: Universidade Paulista – UNIP – Campus Paraíso
Endereço: Rua Vergueiro, 1.211, São Paulo/SP
 
Confira a programação preliminar: http://www.aeamesp.org.br/23semana/programacao

14/09/2017 - Salão de Veículos Elétricos traz test drive e simulador de Formula E ao público
 
Área destinada a test-drive terá três pistas, focada em automóveis, motos, bicicletas e hoverboards, e até a interação com um robô
Evento também disponibiliza papo com proprietários de veículos elétricos
A 13ª edição do Salão Latino-Americano de Veículos Híbridos-Elétricos, Componentes e Novas Tecnologias está cheia de atrações ao público. Entre os dias 21 a 23 de setembro no Pavilhão Amarelo do Expo Center Norte, em São Paulo (SP), os visitantes da área de exposição poderão participar de atividades que incluem pilotar carros movidos a eletricidade, conversar com proprietários dos veículos movidos a essa tecnologia e, também, se sentir dentro de uma competição automobilística.
 
Em um dos espaços será possível realizar um test drive com os veículos Renault Twizy, BMW i3, Volvo XC90 T8 Hybrid e e-Tech. Em outras das três pistas, o público encontra ainda a “Brinquedoteca”, com motos, bicicletas, skates, e hoverboards, todos elétricos, para o deleite do público, sobretudo para as famílias se divertirem juntas. Em uma terceira área, a Segway, fabricante de hoverboards, propõe uma brincadeira com o público, ao transformar um de seus veículos em um robô para interação com os visitantes.
 
Já no estande da Federação Internacional de Automobilismo (FIA) será possível ter um momento de piloto profissional no simulador de Fórmula E, competição exclusiva para veículos elétricos. Como a cabine possui tamanho real, o visitante poderá se sentir dentro de uma competição de verdade.
 
Na área intitulada VE Experience, proprietários de veículos elétricos e híbridos contarão as suas experiências como motoristas de vanguarda, explicando as dificuldades, os benefícios e suas histórias com seus carros movidos à energia sustentável.
 
O Salão deve contar com mais de 50 estandes e trará grandes novidades em mobilidade híbrida e elétrica de veículos pesados, leves e levíssimos, além de componentes e infraestrutura. Para isso, grandes players do mercado estarão presentes, provando aos visitantes que os veículos elétricos são uma forte tendência para o futuro, capazes de agregar não só grandes benefícios ambientais e econômicos, como também em termos de design e modernidade às grandes cidades e para a vida do consumidor.

Para mais informações, acesse http://www.velatinoamericano.com.br/
 
Sobre o Salão dos Veículos Elétricos - O Salão Latino Americano de Veículos Elétricos, Componentes e Novas Tecnologias é uma realização da MES Eventos, que está à frente do projeto há 13 edições, em parceria com a Associação Brasileira do Veículo Elétrico (ABVE). O objetivo é reunir empresas, membros do governo, consultores, acadêmicos e público em geral para debater e construir novos caminhos para o futuro da mobilidade urbana sustentável. O Salão possibilita, além da realização do networking com tomadores de decisão, conhecer as principais novidades do segmento, que estarão expostas na feira. Para o aprofundamento de temas relevantes aos avanços à implantação dos veículos elétricos no País, o visitante conta ainda com um Congresso, com foco na expansão do conhecimento e dos debates acerca do t ema.

13/09/2017 - O futuro da indústria no Brasil é tema do 3º Congresso Brasileiro da Indústria de Máquinas e Equipamentos
 
Na próxima segunda-feira, dia 18 de setembro, a ABIMAQ vai realizar o 3º Congresso Brasileiro da Indústria de Máquinas e Equipamentos, evento que vai debater a retomada do crescimento e as oportunidades de negócios nos mercados mundiais.
 
O congresso contará com a presença das principais personalidades do setor de máquinas e equipamentos, que tratarão sobre assuntos relevantes para o segmento, bem como de seus fornecedores e clientes.
 
Programação
Entre os palestrantes do evento estão Antonio Lavareda, Cientista Político, que falará sobre “A um ano da Eleição 2018: Conjuntura e Perspectivas” e Paulo Rabelo de Castro, presidente do BNDES, que abordará “Qual o futuro da indústria”.
 
Painéis
O primeiro painel discutirá “O desafio da produtividade e das novas tecnologias” e terá a participação de Venilton Tadini, presidente executivo da ABDIB, Marcos Lisboa, presidente do Insper, Harry Schmelzer Junior, presidente da WEG e Mario Bernardini, diretor de Competitividade da ABIMAQ.
 
“É possível uma inserção competitiva da indústria brasileira no comércio global?” será o tema do segundo painel que contará com Roberto Jaguaribe, presidente da APEX, Gabriel Galipolo, mestre em Economia Política da PUC/SP, Ricardo Sennes, sócio- diretor da Prospectiva Negócios Internacionais & Políticas Públicas e Daniel Godinho, diretor da WEG.
 
O terceiro painel, cujos debates abrangerão “A indústria brasileira tem futuro com o atual sistema tributário?”, terá a presença de Bernard Appy, diretor do Centro de Cidadania Fiscal (CCIF), Fabio Silveira, sócio-diretor da Macrosector Consultores e Odair Renosto, presidente da Caterpillar.
 
O último painel proporá discussões acerca  do "Modelando o futuro da produção no Brasil” e contará com a participação de Mark Essle, da Partner da ATKearney do Brasil, Marcos Vinicius de Souza, secretário de Inovação e Novos Negócios do MDIC, Eduardo Peixoto, executivo-chefe de Negócios do C.E.S.A.R e Fabio Tagnin, diretor de IoT para América Latina da INTEL.
 
Todos os painéis serão moderados por Augusto Nunes, colunista da Veja e apresentador do programa Roda Viva, da TV Cultura.
 
Serviço
3º Congresso Brasileiro da Indústria de Máquinas e Equipamentos
Data: 18 de setembro de 2017
Horário: Das 08 às 18h30
Local: Avenida Jabaquara, 2925 – Mirandópolis – São Paulo (SP)
Mais informações: http://congresso2017.abimaq.org.br/

Mais Notícias...

Página 2 de 281

2

Site Login