saneamento

Secretaria de Agricultura lança primeira etapa do Programa Nascentes em Botucatu

06/09/2016 - Secretaria de Agricultura lança primeira etapa do Programa Nascentes em Botucatu
 
programa_botucatu.jpgO secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Arnaldo Jardim, inaugurou, no dia 6 de setembro de 2016, a primeira etapa do Projeto Nascentes de Botucatu, que promoverá intervenções conservacionistas, por meio de terraceamento agrícola para a recuperação de solo e água desenvolvidas pela Companhia de Desenvolvimento Agrícola de São Paulo (Codasp) em mais de 95 hectares na Estância Santa Marta, no município.
O projeto, desenvolvido em parceria com a Agência Nacional de Águas (ANA) irá recuperar, até o final de 2017, uma área equivalente a quase 86 estádios do Maracanã, onde haverá cercamento e manutenção para consolidação da vegetação, com o objetivo de preservar as áreas de contribuição dos mananciais de água no município, recuperação de estradas rurais, terraceamento agrícola e instalação de fossas biodigestoras.
O trabalho desenvolvido pela Secretaria de Agricultura, tem como objetivos a readequação das plataformas das estradas de terra para a implantação de sistema de drenagem superficial eficiente, com obras como terraços ou bacias de captação que evitam a ocorrência de processos erosivos nas propriedades, favorecendo a infiltração das águas pluviais e a recarga do lençol freático. Ações que garantem estradas melhores e conservação dos recursos naturais.
Somente em áreas de nascentes, a estimativa do projeto é proteger mais de 245 hectares, ou 2 milhões de metros quadrados no entorno dos cursos d´água das microbacias do Rio Pardo, Ribeirão Água da Madalena, Córrego da Água Clara e Córrego Panfílio Dias, que alimentam o reservatório do Mandacaru, responsável pelo abastecimento de 100% da população do município.
Para o secretário, a ação vem ao encontro da determinação do governador Geraldo Alckmin, de fazer uma agricultura harmônica com o meio ambiente. “A Secretaria está empenhada em cooperar com a recuperação das nascentes. O programa integra uma série de ações que a Pasta está promovendo para uma melhor eficiência da gestão dos recursos hídricos”, afirmou o secretário Arnaldo Jardim.
De acordo com o responsável pela Assessoria Técnica da Secretaria, José Luiz Fontes, “o projeto conta com apoio técnico para o uso racional da água nas propriedades rurais, com foco na modernização de sistemas de irrigação mediante a utilização de técnicas e equipamentos de maior eficiência, e na implantação de sistemas de coleta, armazenamento e utilização das águas pluviais”, disse.
“A presença do secretário demonstra a preocupação e a determinação do Governo do Estado para com as nossas nascentes. Com a capacidade de execução da Secretaria e a vontade de realização da parceria com a prefeitura, será possível beneficiar o setor produtivo e a sociedade civil com projetos de preservação como este. O programa mostra a coragem e a capacidade da Secretaria de Agricultura de apresentar propostas concretas para um tema de extrema importância à sociedade, que é o uso da água”, disse o prefeito de Botucatu, João Cury.
Os produtores da região de Botucatu se mostraram otimistas com o projeto de recuperação ambiental das nascentes. De acordo com o estudante de Engenharia Agrônoma e proprietário da Estância Santa Marta, André Luiz Merthan Saad, o projeto foi importante para solucionar o problema de erosão que o local tinha. “Tentamos corrigir fazendo curva de nível, mas não surtiu efeito. Agora com a execução dessas obras, iremos preservar o meio ambiente, já que o terraceamento vai evitar que a água leve os nutrientes do solo e haja a erosão do solo”, disse.
Na opinião do produtor rural João Mandaji, ação será fundamental para melhorar o abastecimento de água dos municípios. “A qualidade da água está comprometida e precisávamos de um trabalho com viés ambiental para corrigir esse problema”, comentou.
O alto consumo hídrico dos produtores da região exige novas alternativas, que estão sendo propostas no Projeto Nascentes de Botucatu, avaliou o produtor Rodrigo Cardoso. “É uma boa iniciativa, que visa a preservação ambiental e melhora a qualidade da nossa água”, destacou.
 
Programa Nascentes em Holambra
Esse é o segundo projeto desenvolvido pela Secretaria de Agricultura e Abastecimento, pensado para ser um braço do Programa Nascentes – Mata Protegida, Água na Fonte, do Governo do Estado de São Paulo, a maior iniciativa já lançada pelo poder público para manter e recuperar as matas ciliares – vegetação localizada às margens de nascentes, rios, córregos, lagos e represas que protegem e limpam as águas.
Em Holambra, o governador Geraldo Alckmin iniciou o projeto modelo de recuperação de nascentes no Estado, no dia 11 de novembro de 2015.
 
Por: Paulo Prendes - Foto: João Luiz (Crédito: João Luiz/ComunicaçãoSAA)
Assessoria de Comunicação
Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo
Crédito JoãoLuiz-Comunicação SAA.jpg

Site Login