Livros Técnicos

Banner

BASF reduz em 40% o consumo específico de água no Brasil

23/03/2012 - BASF reduz em 40% o consumo específico de água no Brasil

Até 2020, a empresa planeja reduzir pela metade o consumo de água proveniente de fonte pública que utiliza para a produção em relação a 2010.
Foco no uso sustentável da água
 
O Dia Mundial da Água, celebrado em 22 de Março, foi instituído pela Organização das Nações Unidas (ONU) em 1992 com o objetivo de chamar a atenção para a questão da água no mundo e buscar soluções para o problema.
A BASF, preocupada com este recurso natural, estabeleceu metas globais de gerenciamento da água. Até 2020, a empresa planeja reduzir pela metade o consumo de  água proveniente de fonte pública que utiliza para a produção em relação a 2010.
No Brasil, desde 2002,  a redução no consumo específico (por tonelada produzida) de água foi de 40%.  No mesmo período na América do Sul, a redução do consumo específico do recurso natural foi de 35%.
O Complexo Químico de Guaratinguetá, principal unidade produtiva da empresa na América do Sul, representa aproximadamente quase a metade do consumo absoluto de água. Além disso, desde 2002 até 2011, o consumo de água específico na localidade reduziu pela metade.
Para atingir esses resultados, a empresa conta com algumas medidas importantes, como:
•        Instalação e automação de torres de resfriamento para recirculação e reúso da água utilizada nos processos de produção.
•        Reaproveitamento de aproximadamente 8% do volume total de água utilizada no Complexo, oriunda do processo de osmose reversa para a produção de água desmineralizada. Essa economia é suficiente para o abastecimento de uma cidade com aproximadamente 4000 habitantes durante um mês.
•        Treinamentos de conscientização dos colaboradores no uso consciente de água em suas atividades cotidianas.
“Trata-se de um sistema integrado de gestão, instalações modernas e utilização de alta tecnologia com o objetivo de gerar ganhos ambientais e econômicos.”, afirma o vice-presidente do Complexo Químico de Guaratinguetá, Willi Nass.
Além dos processos industriais, a BASF mantém em seu portfólio produtos que melhoram a qualidade da água e apoia iniciativas de incentivo ao consumo consciente entre seus colaboradores, clientes e comunidades próximas de suas unidades produtivas.
 
Conheça algumas das soluções:
Proteção de cultivos: o Programa de Valorização da Água em Pulverizações Agrícolas (Provar) estimula usinas a diminuírem a quantidade de água empregada na aplicação de defensivos, otimizando recursos na produção e reduzindo os impactos ao meio ambiente. O programa foi criado pela unidade de proteção de cultivos em 2007, com colaboração do IAC (Instituto Agronômico de Campinas) e baseado em pesquisa da Faculdade de Agronomia de Ituverava (SP). A BASF investiu nessa ação de educação para a sustentabilidade fornecendo o herbicida Plateau® para testes, e mobilizou sua equipe técnica e os clientes a favor das melhores práticas de produção. Em três anos de pesquisas nas usinas sucroalcooleiras de Ribeirão Preto (SP), obteve-se um ganho operacional de até 30% e redução no volume de calda de até 60% (água usada na diluição do herbicida). O PROVAR recebeu em 2011 o "XIV Premio ANDEF" na modalidade "Responsabilidade Ambiental".
 
Polímeros de performance: o Geofoam é uma aplicação do Styropor® para estabilização de solos moles. O produto ajuda a eliminar o uso de água nessas obras, pois dispensa grande parte do aterro convencional, onde a água é normalmente utilizada no auxílio de compactação de terra, areia ou outro material.
 
Químicos para construção: a unidade conta com uma linha completa de aditivos para concreto e argamassa que possibilitam a redução de 6% a 40% no consumo de água durante a obra, dependendo da tecnologia utilizada. São soluções que atendem desde grandes obras de infraestrutura, aplicações industriais, comerciais e residenciais, até pequenas necessidades de reparos. Com este portfólio, a BASF ajudará o planeta a economizar milhares de metros cúbicos de água.
 
Tratamento de Água: a unidade desenvolve floculantes de alta performance e com baixo impacto ambiental, inibidores de corrosão e antiescalantes para aplicação em gestão industrial da água, antiescalantes e limpantes químicos para dessalinização e aplicação em membranas, além de tecnologias de membrana de alta performance (ultrafiltração).
 
Fundação Espaço ECO: a restauração, preservação e conservação de áreas rurais e urbanas beneficiam a conservação das nascentes e rios ao seu entorno, bem como toda a biodiversidade local. A Fundação Espaço ECO já restaurou 439 hectares, além de promover a conscientização da sociedade para o uso eficiente dos recursos naturais por meio das atividades em ecoeficiência e educação socioambiental.
 
Sobre a BASF
BASF é a empresa química líder mundial: The Chemical Company. Seu portfólio de produtos oferece desde químicos, plásticos, produtos de performance, produtos para agricultura ate petróleo e gás. Nós combinamos o sucesso econômico, responsabilidade social e proteção ambiental. Por meio da ciência e da inovação, nós possibilitamos aos nossos clientes de todas as indústrias a atender as atuais e as futuras necessidades da sociedade. Nossos produtos e soluções contribuem para a preservação dos recursos, assegurando alimentação e nutrição saudáveis, e ajudando a melhorar a qualidade de vida. Nós resumimos essa contribuição em nossa estratégia corporativa: “We create chemistry”, em português “Nós transformamos a química para um futuro sustentável. A BASF contabilizou vendas de cerca de €73,5 bilhões em 2011 e contava com mais 111.000 colaboradores no final do ano. As ações da BASF são negociadas atualmente nas bolsas de valores de Frankfurt (BAS), Londres (BFA) e Zurique (AN). Mais informações sobre a BASF estão disponíveis no endereço www.basf.com ou nos perfis corporativos da empresa no Facebook (BASF Brasil) e no Twitter (@BASF_brasil).
 
- As vendas na América do Sul totalizaram, aproximadamente, €4,4 bilhões de euros em 2011 (Esse resultado abrange os negócios realizados pelas empresas do Grupo na região, incluindo a Wintershall - empresa situada na Argentina, voltada a produção de óleo cru e gás).
- Na América do Sul, a BASF contava com mais de 6.200 colaboradores em 31 de dezembro de 2011.

Banner
Banner
Banner

Site Login