Livros Técnicos

Banner

ALL tem novo diretor, Marcos Rodrigues da Costa, para área criada de Serviços e Tecnologias

20/03/2012 - ALL tem novo diretor, Marcos Rodrigues da Costa, para área criada de Serviços e Tecnologias
 
A América Latina Logística – ALL (ALL3) anuncia a criação da diretoria de Serviços e Tecnologia, que terá no comando Marcos Rodrigues da Costa. O executivo que está na ALL desde o início da empresa em 1997, tem uma trajetória de sucesso, tendo começado como estagiário na área de Controladoria. Graduado em Administração de empresas pela Universidade Federal do Paraná, conta com passagem em áreas Financeira e de Operações Rodoviárias até 2005. Em 2006, liderou as áreas Financeira e Controladoria durante a transição da Brasil Ferrovias, tendo sido fundamental para a integração rápida e com sucesso da malha paulista. Ocupou em 2007 o cargo de gerente da Controladoria, e em 2009 foi promovido para Superintendente do Centro de Serviços Compartilhados.
Agora, como Diretor de Serviços e Tecnologia, Marcos Rodrigues da Costa terá como desafio dirigir e gerir as áreas de suprimentos, tecnologia da informação (TI), CSC, regulatório, resultados e projetos de infraestrutura da Companhia e suas controladas.
Com a nova diretoria, o quadro do comando administrativo da ALL Holding permanece com Paulo Basílio como diretor-presidente, cargo que ocupa desde o início de 2011. O quadro da diretoria ALL conta ainda com Eduardo Machado de Carvalho Pelleissone; Diretor-Superintendente; Rodrigo Campos, Diretor Financeiro e de Relações com Investidores; Pedro Almeida, Diretor de Relações Institucionais; Sergio Luiz Nahuz, Diretor Comercial; Melissa Alves Werneck, Diretora de Gente e Qualidade; Alexandre Zanelatto, Diretor de Operações.
 
Perfil ALL
A América Latina Logística S.A. é a maior empresa independente de serviços de logística da América Latina. A companhia oferece uma grande variedade de serviços, incluindo transporte ferroviário e rodoviário nacional e internacional, distribuição, armazenamento, transporte customizado de contêiner, e transporte de minério de ferro, aliado à uma distribuição fracionada e transporte intermodal porta a porta.
A ALL Holding é composta por quatro negócios principais: ALL Operações Ferroviárias, Brado Logística, Ritmo Logística e Vetria Mineração. A ALL Operações Ferroviárias é composta por 6 concessões ferroviárias no Brasil e na Argentina, totalizando 21.300 km de malha ferroviária, 1.095 locomotivas, 31.650 vagões, através dos quais a empresa transporta commodities agrícolas e produtos industriais. A malha ferroviária da ALL abrange uma área responsável por aproximadamente 65% do PIB do Mercosul, onde estão localizados sete dos portos mais ativos do Brasil e da Argentina, por meio dos quais aproximadamente 78% de todas as exportações de grãos da América do Sul são embarcadas anualmente.
A Brado Logística opera 6 complexos logística e 5 terminais intermodais e pretende desenvolver a logística intermodal de contêineres, focada em transporte ferroviário, estocagem, operação de terminais e retro áreas portuárias, movimentação de contêineres e outros serviços de logística. A Ritmo Logística é uma provedora de serviços rodoviários que opera 700 veículos com foco em serviços rodoviários dedicados e serviços rodoviários intermodais. Já a Vetria Mineração é uma empresa que apresenta solução logística mina-ferrovia-porto para o minério de ferro de Corumbá a Santos.
Fundada em 1997, com a concessão da Rede Ferroviária Federal (RFFSA), para atuar na malha sul do país, a ALL vem ampliando sua atuação em um histórico sem precedentes de expansão e aquisições no setor de logística brasileiro. Em 1999, adquiriu as ferrovias argentinas MESO e Central. Com a incorporação da Brasil Ferrovias em 2006, incluiu em suas operações o acesso ao Porto de Santos passando a atuar nos maiores corredores de exportação de commodities e nas mais importantes regiões industriais do país.
Desde a privatização da malha, a ALL investiu mais de R$ 7 bilhões. Além desses recursos, a empresa está investindo cerca de R$ 700 milhões no Projeto Expansão Malha Norte, que prevê a construção do trecho ferroviário ligando Alto Araguaia a Rondonópolis, ampliando em 260 quilômetros a extensão da malha ferroviária. Em outubro a ALL comemorou a chegada dos trilhos em Itiquira (MT), confirmando a previsão de que a etapa final que prevê a chegada em Rondonópolis seja inaugurada em 2012.

Banner
Banner
Banner

Site Login