ENGIE Brasil Energia ingressa no Índice Carbono Eficiente da B3

ENGIE Brasil EnergiaENGIE Brasil Energia ingressa no Índice Carbono Eficiente da B3

Esta é a primeira carteira a contemplar empresas pertencentes ao IBrX 100 que apresentaram formalmente seus inventários de emissões de gases de efeito estufa à bolsa em 2020.

A ENGIE Brasil Energia foi selecionada para compor a nova carteira do Índice Carbono Eficiente (ICO2) da B3 - Brasil, Bolsa e Balcão. O ICO2 é composto pelas ações das empresas participantes do IBrX 100 que possuem maior transparência em relação ao reporte das emissões dos gases do efeito estufa e de como estão se preparando para uma economia de baixo carbono.

Criado em 2010, o ICO2 B3 tem o objetivo de ser um instrumento indutor das discussões sobre mudança do clima no Brasil. "Participar da nova carteira do ICO2 reconhece o compromisso da ENGIE com a gestão e transparência em relação as emissões de gases do efeito estufa (“GEE”). Divulgado desde 2011, nosso inventário de emissões de GEE é mais um dos instrumentos que nos guiam em busca da liderança na transição para uma economia de baixo carbono", destaca o Diretor-Presidente e de Relações com Investidores da Companhia, Eduardo Sattamini.

Esta é a primeira carteira a contemplar empresas pertencentes ao IBrX 100 que apresentaram formalmente seus inventários de emissões de gases de efeito estufa à B3 em 2020. Com vigência de 4 de janeiro a 30 de abril de 2021, reúne 62 ações de 58 companhias pertencentes a 22 setores.

Ações da ENGIE estão no Índice de Sustentabilidade da B3 há 16 anos

Além de compor a nova carteira do Índice Carbono Eficiente (ICO2) da B3 - Brasil, Bolsa e Balcão, as ações da ENGIE Brasil Energia fazem parte da carteira do Índice de Sustentabilidade (ISE) da bolsa há 16 anos. O índice reflete o retorno médio de uma carteira teórica de ações das companhias listadas, com as melhores práticas ambientais, sociais e de governança (ESG).

A Companhia integra a carteira da B3 desde o seu lançamento, em 2005, o que reafirma o compromisso histórico da empresa com os mais altos padrões de sustentabilidade e governança. O ISE é considerado o mais importante índice de sustentabilidade empresarial do Brasil e o quarto do mundo, e seu principal objetivo é manter a perenidade e internalização do tema dentro das empresas.

Sobre a ENGIE
A ENGIE é a maior empresa privada de energia do Brasil, atuando em geração, comercialização e transmissão de energia elétrica, transporte de gás e soluções energéticas. Com capacidade instalada própria de 10.430MW em 61 usinas, o que representa cerca de 6% da capacidade do país, a empresa possui quase 90% de sua capacidade instalada no país proveniente de fontes renováveis e com baixas emissões de GEE, como usinas hidrelétricas, eólicas, solares e biomassa.

Com a aquisição da TAG, a ENGIE é agora também detentora da mais extensa malha de transporte de gás natural do país, com 4.500 km, que atravessam 10 estados e 191 municípios.

Além disso, o Grupo atua no Brasil na comercialização de energia no mercado livre e está entre as maiores empresas em geração fotovoltaica distribuída. A empresa possui ainda um portfólio completo em soluções integradas responsáveis por reduzir custos e melhorar infraestruturas para empresas e cidades, como eficiência energética, monitoramento e gestão de energia. Contando com 3.000 colaboradores, a ENGIE teve no país em 2019 um faturamento de R$ 10,5 bilhões.

A ENGIE é referência mundial em energia e serviços de baixo carbono. Nosso propósito (“raison d’être”) é agir para a aceleração da transição para um mundo neutro em carbono, através do consumo reduzido de energia e de soluções mais sustentáveis, conciliando performance com um impacto positivo sobre as pessoas e o planeta. A ENGIE se apoia nas suas atividades chave (gás, energia renovável, serviços) para oferecer soluções competitivas aos nossos clientes. Com nossos 170.000 colaboradores, clientes, parceiros e stakeholders, somos uma comunidade de Construtores Imaginativos, comprometidos a cada dia com um progresso mais harmonioso.

Receita em 2019: 60,1 bilhões de euros. O Grupo é negociado nas bolsas de Paris e Bruxelas (ENGI) e representado nos principais índices financeiros (CAC 40, DJ Euro Stoxx 50, Euronext 100, FTSE Eurotop 100, MSCI Europe) e índices não-financeiros (DJSI World, DJSI Europe e Euronext Vigeo Eiris - World 120, Eurozone 120, Europe 120, France 20, CAC 40 Governance).
Foto: divulgação

Banner
Banner
Banner
Banner

Site Login