Tecon Salvador tem movimentação expressiva de carga eólica para o RS

29/09/2016 - Tecon Salvador tem movimentação expressiva de carga eólica para o RS
 
Destaque entre os portos do Nordeste no transporte de cargas de projeto (de grande dimensão), o Tecon Salvador, terminal de contêineres administrado pelo Grupo Wilson Sons, vem registrando expressivo volume e regularidade na operação de equipamentos para a construção de parques eólicos no Brasil. De 2014 até setembro deste ano, o terminal movimentou aproximadamente 40 mil toneladas de grandes componentes.
Nesta segunda-feira (26), uma nova carga da Acciona, fabricante de componentes eólicos, em Camaçari, foi embarcada no navio Aliança Energia para Santa Vitória do Palmar (RS). Somente para este parque em terras gaúchas, o projeto soma em torno de 14 mil toneladas que serão movimentadas até março de 2017, num total de 69 aerogeradores completos (a primeira carga deste projeto saiu em abril).
O uso da cabotagem para o transporte desse tipo de carga torna a operação mais segura para o setor. Outra vantagem é a diminuição do tempo de exposição da carga (de alto valor) nas rodovias, contribuindo para desafogar as vias. Se fossem transportados pela rodovia, cada caminhão carregaria uma peça por vez, devido ao volume e ao peso.
 
Números gerais
No acumulado do ano, a cabotagem também ganhou destaque nas demais operações do terminal. De janeiro a agosto deste ano, a movimentação geral de cargas apresentou crescimento de 6,1% em relação a igual período de 2015. Arroz, químicos e petroquímicos, além de produtos de varejo e embalagens, foram os principais responsáveis pelo aumento dos números no ano.
As exportações também apresentaram bom resultado, com crescimento de 20,3%, com destaque para cargas de uvas e mangas produzidas no Vale do São Francisco.
O diretor executivo do Tecon Salvador, Demir Lourenço, está otimista. “As perspectivas são boas para os próximos meses devido à entrada de novos clientes, do retorno de alguns antigos e também pelo aumento do market share”, destacou.
 
Sobre o Tecon Salvador - Com 16 anos de atuação, o terminal é hoje uma das principais ferramentas de atração e retenção de investimentos para o estado da Bahia. Possui uma área de 118 mil m², com capacidade para movimentar 530 mil TEU por ano. Graças aos investimentos iniciados em 2000, que já totalizam R$ 300 milhões, o terminal tornou-se apto a receber os maiores navios de contêineres do mundo, com um cais preferencial para cabotagem; aproximadamente 700 tomadas para contêineres refrigerados, além de capacidade e know-how para operar cargas de projeto. Além da ISSO 9001, o TCSV recebeu, em março, a certificação internacional ISO 14001, que dá diretrizes para a implementação de um sistema de gestão ambiental.
 
Sobre o Grupo Wilson Sons - O Grupo Wilson Sons é um dos maiores operadores integrados de logística portuária e marítima e soluções de cadeia de suprimento no mercado brasileiro, com mais de 175 anos de experiência. A companhia conta com uma rede de atuação nacional e presta uma gama completa de serviços para as empresas que atuam na indústria de óleo e gás, no comércio internacional e na economia doméstica. As principais atividades do Grupo são divididas em dois sistemas – Portuário e logístico e Marítimo.
 
Textual Comunicação

 

Site Login