Rodovias do Corredor D. Pedro têm redução de 35% nos acidentes no feriado de Páscoa

rota band foto do novo ccoRodovias do Corredor D. Pedro têm redução de 35% nos acidentes no feriado de Páscoa

Período de 5 a 8 de abril teve registro de 31 acidentes, enquanto na Páscoa de 2011 foram 48 ocorrências registradas

 

A Concessionária Rota das Bandeiras registrou no feriado de Páscoa, na operação de segurança que realizou no Corredor D. Pedro I, 31 acidentes entre a quinta-feira, dia 05 de abril, e domingo, dia 08. O número é 35% menor do que em 2011, quando foram registrados 48 casos. A Páscoa de 2011, no entanto, contou com cinco dias de operação, já que a data em que caiu foi na sequência do feriado de Tiradentes. Ainda assim, a redução de acidentes é mais intensa do que a redução de fluxo nas rodovias. No ano passado, passaram pela rodovia D. Pedro I, que concentra a maioria do fluxo do Corredor D. Pedro, 521 mil veículos nos cinco dias de operação, que foi do dia 20 ao dia 24 de abril. Em 2012, o número foi de 389 mil, redução de 25%. Nos acidentes atendidos pela Concessionária na operação que se encerrou no domingo, foram 12 vítimas, sendo dez leves e duas mortes. As mortes aconteceram por atropelamento, ambas na quinta-feira. Ao longo do feriado, a Rota das Bandeiras não registrou pontos de lentidão importantes. Os picos de fluxo acontecerem na quinta-feira, entre as 18h e as 20h, e no domingo, por volta das 18h. A Concessionária Rota das Bandeiras, responsável pela administração do Corredor Dom Pedro, é uma empresa da Odebrecht TransPort, investidora e operadora no Brasil em negócios relacionados à mobilidade urbana, rodovias, sistemas integrados de logística e aeroportos.

Banner
Banner

 

Site Login