BNDES mantém atuais condições de apoio para vencedores do 10º Leilão de Energia de Reserva

22/09/2016 - BNDES mantém atuais condições de apoio para vencedores do 10º Leilão de Energia de Reserva
 
A Diretoria do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) manteve as atuais condições de financiamento para os investimentos dos vencedores do 10º Leilão de Energia de Reserva, que contratará energia proveniente de Centrais de Geração Hidrelétrica (CGHs) e Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCHs). O leilão ocorrerá neste dia 23 de setembro.
As futuras condições para todos os setores de energia, incluindo o de CGHs e PCHS, estão em fase final de revisão e serão divulgadas em breve.
A divulgação antecipada das condições de apoio permite aos investidores participantes do leilão dimensionar melhor seus custos, com base nos juros e prazos definidos para o financiamento. Dessa forma, o BNDES cumpre seu papel de apoio à expansão da capacidade de geração do Sistema Elétrico Brasileiro.

As condições financeiras são:
· Valor Mínimo do Financiamento: R$ 20 milhões (para valores inferiores, serão aplicadas as condições de financiamento do produto BNDES Automático vigentes à época da apresentação do pleito)
· Custo financeiro: TJLP
· Remuneração básica do BNDES: 1,5% ao ano (spread básico)
· Remuneração de risco: até 3,37% ao ano, conforme o risco de crédito do cliente (spread de risco)
· Participação máxima do BNDES: 70% dos itens financiáveis
· Prazo de amortização: até 20 anos
O valor do crédito do BNDES será dimensionado de acordo com o Sistema de Amortização Constante (SAC) e o Índice de Cobertura do Serviço da Dívida (ICSD) global do projeto mínimo será de 1,3, aferido anualmente. O ICSD é um indicador relevante da saúde financeira da empresa e representa a capacidade de pagamento da dívida.

Comunicação BNDES

Banner
Banner

 

Site Login