Governo do Estado anuncia financiamento para projetos relacionados à Copa 2014

destaque2014

Governo do Estado anuncia financiamento para projetos relacionados à Copa 2014

Linha da Agência de Fomento Paulista com juros subsidiados financiará projetos que melhorem a infraestrutura turística das cidades envolvidas no evento

O governador Geraldo Alckmin anunciou nesta quinta-feira, 9, em evento no Palácio dos Bandeirantes, na Capital, a criação de uma linha de crédito da Agência de Fomento Paulista para financiamentos destinados a projetos relacionados a Copa do Mundo de 2014. A linha especial atenderá todas as cidades paulistas candidatas a Centro de Treinamento de Seleções (CTS) com juros subsidiados pelo Governo do Estado e prazo de até 10 anos, com carência de até 24 meses.

O objetivo é apoiar empresas e municípios na realização de investimentos que melhorem a infraestrutura turística das cidades para a recepção do público e eventuais seleções que se instalarem no Estado. "Somos o Estado com maior número de cidades candidatas a centro de treinamento. Estamos otimistas que teremos muitas seleções treinando em São Paulo. Para isso, nós anunciamos esse financiamento para o setor privado e para o setor público, para a melhora dos centros esportivos, de treinamento, campos de futebol e a parte hoteleira das cidades”, disse o governador Geraldo Alckmin. Com taxa subsidiada pelo Governo do Estado, essa linha especial terá de juros de 2% ao ano (+IPC/FIPE). Para a iniciativa privada, a linha de crédito financiará a construção de hotéis e pousadas e projetos de ampliação e modernização de centros esportivos privados. Para o município, a prefeitura poderá financiar a construção, ampliação e reforma de arenas esportivas para receber as eventuais delegações, desde o projeto de topografia até a pavimentação de vias do entorno do empreendimento.

“Além de receberem milhares de turistas em decorrência da Copa, muitas cidades paulistas ainda têm a possibilidade de abrigar seleções, o que vai demandar muito investimento em infraestrutura, tanto do poder público quanto do setor privado. A iniciativa do Governo do Estado de subsidiar o juro da linha é um grande impulso para essas ações”, diz Milton Luiz de Melo Santos, presidente da Agência de Fomento Paulista. A Agência de Fomento Paulista possui muitas outras opções de financiamento com juros baixos e longos prazos, como a linha para empresas que atuam na cadeia do petróleo e gás, com taxa de 7% a.a., corrigidas pelo IPC/FIPE. A instituição alcançou em janeiro a marca de R$ 525 milhões desembolsado desde o início de suas operações, em março de 2009. Em 2011, registrou crescimento de 83% em sua carteira de crédito.

A Agência de Fomento Paulista financia empresas com faturamento anual entre R$ 360 mil e R$ 300 milhões. O interessado pode entrar no site da instituição (agenciadefomentopaulista.com.br), realizar uma simulação de empréstimo e obter o financiamento diretamente no portal, por meio da ferramenta “Negócios On-line”. Se preferir, também pode optar por ir até a sede da Agência de Fomento Paulista, situada na Rua da Consolação, 371, região Central, em São Paulo. O atendimento também pode ser feito por meio das mais de 50 entidades empresariais parceiras como, o Sebrae, Fiesp/Ciesp, Facesp, Abimaq, entre outras. Basta o empresário procurar a entidade de classe ao qual é associado e dar início ao processo de encaminhamento da documentação para a obtenção de crédito. Ele pode acessar também o site Canal do Empresário (canaldoempresario.com.br) para obter informações e serviços que são úteis para o seu dia-a-dia.

Legenda da foto: Milton Luiz de Melo Santos, presidente da Agência de Fomento Paulista


Banner
Banner

 

Site Login