Siemens inaugura Centros de Operação de Segurança Cibernética para a proteção de instalações industriais

siemens_ctec.jpgSiemens inaugura Centros de Operação de Segurança Cibernética para a proteção de instalações industriais
 
A Siemens inaugurou seu “Centro de Operações de Segurança Cibernética" (CSOC) para a proteção de instalações industriais, com uma localização conjunta em Lisboa e Munique e uma em Milford (Ohio), nos EUA.

Especialistas em segurança industrial da Siemens, nesses locais, monitoram instalações industriais em todo o mundo para ameaças cibernéticas, alertam as empresas em caso de incidentes de segurança e coordenam medidas preventivas pró-ativas. Essas medidas de proteção são parte dos amplos Serviços de Segurança de Instalação com os quais a Siemens apoia empresas no setor de fabricação e processamento, para encontrar ameaças de segurança que mudam constantemente e para aumentar a disponibilidade da instalação.
O aumento da interação em rede de infraestruturas industriais ("Internet das Coisas", "Indústria 4.0") faz com que sejam necessárias ações de proteção adequadas para o ambiente de automação. É aqui que os Serviços de Segurança de Instalação da Siemens entram em cena: esses serviços vão desde Avaliações de Segurança e instalação de medidas de proteção, tais como firewalls e proteção contra vírus (Implementação de Segurança), até vigilância contínua de plantas com os Serviços de Segurança Gerenciados, que agora são oferecidos pelos próprios CSOCs. Se os especialistas da Siemens detectarem um aumento de risco, eles dão ao cliente um aviso antecipado, emitem recomendações de medidas preventivas pró-ativas e coordenam sua execução. As contramedidas baseiam-se na importância do incidente e do provável impacto sobre o negócio do cliente. Elas incluem modificação de regras de firewall ou fornecimento de atualizações para fechar lacunas na segurança. Além disso, a Siemens fornece perícia de incidentes de segurança. Assim, as empresas ficam em condições de preparar relatórios que estão de acordo com normas internacionais, tais como ISO 27002 ou IEC 62443. E isso não é tudo - as empresas também recebem uma visão transparente do status de segurança de suas instalações. Os Serviços de Segurança de Instalação da Siemens usam produtos do parceiro de colaboração da empresa, Intel Security. Esses produtos incluem: McAfee VirusScan, McAfee Application Control, McAfee ePolicy Orchestrator (ePO) bem como McAfee Enterprise Security Manager com Informação de Segurança e Gestão de Evento. Para mais informações visite www.siemens.com/plant-security-services
 
Sobre o Grupo Siemens no Brasil - A Siemens está presente no Brasil há mais de cem anos e é atualmente o maior conglomerado de engenharia elétrica e eletrônica do país, com suas atividades agrupadas pelas divisões: Power and Gas; Wind Power and Renewables; Power Generation Services; Energy Management; Digital Factory; Mobility; Building Technologies; Healthcare; Process Industrial and Drives.  A empresa é líder no fornecimento de equipamentos médicos para diagnóstico por imagem, como tomógrafos computadorizados e ressonância magnética, bem como diagnóstico laboratorial. As primeiras atividades da empresa no Brasil datam de 1867, com a instalação da linha telegráfica pioneira entre o Rio de Janeiro e o Rio Grande do Sul. Em 1895, no Rio de Janeiro, era aberto o primeiro escritório e, dez anos mais tarde, ocorria a fundação da empresa no país. Ao longo do século passado a Siemens contribuiu ativamente para a construção e modernização da infraestrutura do Brasil. Hoje, os equipamentos e sistemas da Siemens são responsáveis por 50% da energia elétrica gerada no País, 30% dos diagnósticos digitais por imagem realizados no Brasil e estão presentes em 2/3 de todas as plataformas offshore brasileiras projetadas nos últimos 8 anos. No Brasil, o Grupo Siemens conta com 12 fábricas e 7 centros de pesquisa e desenvolvimento espalhados por todo o País.

Foto: divulgação
S2Publicom

Banner
Banner
Banner
Banner

Site Login